CORRA! (Get Out)

20170508-corra

Família branca, empregados negros. Clichê que nos leva rapidamente a pensar estar diante de uma banal situação de desvalorização afro ou mesmo de preconceito. Mas nem sempre o q parece é. Muito provavelmente essa seja a frase que define Corra!( Get out), filme que nos conduz em pouco mais de 90 minutos, por uma história de terror e suspense psicológico.

O núcleo principal é composto pela comum família da jovem branca e rica, com pai, mãe e irmão que recebem o namorado negro da filha para um final de semana em sua casa de campo.

Logo nas primeiras cenas o clima de suspense já aparece e segue até metade do filme no qual é possível desconfiar de todas as personagens.

Ao longo do filme, técnicas de hipnose são usadas para revelar lembranças e trazer parte da história da personagem principal, Cris Washington, interpretado por Daniel Kacuuya.

A trilha e o efeito em câmera lenta com a troca de imagens reais e imaginárias se sobressai e traz na primeira meia hora a cena capa do filme.

Vozes sussurrantes, Entradas bruscas, cenas noturnas, e diversas outras técnicas são usadas para aumentar o suspense e fazer uma afiada crítica social.

Outro ponto que merece destaque é a atuação de Kaluuya e a construção de sua personagem, o fotógrafo negro, que mesmo sofrendo exposição diante da elite branca, como um objeto na vitrine, ainda assim busca minimizar as atitudes da família e amigos da namorada pra não parecer vitimado.

O final do longa traz a relação de um segredo sombrio que faz os negros parecerem apenas hospedeiros para os desejos de uma elite branca.

Em uma sequência curta, porém intensa, o filme chega ao final deixando no espectador um desejo pelo desenrolar de outros pontos da trama, como onde estariam ( e como ficam) os outros personagens negros ou mesmo a repercussão da descoberta na sociedade.

Corra além de ser uma grata surpresa na categoria “Melhor filme” do Oscar 2018, é daqueles que possuem suspense e terror na medida certa, uma bem colocada crítica ao racismo e que certamente merece continuação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s