Ricos de amor

Se você ainda não viu porque está achando que é ruim, por favor, dê uma chance. A estudante de medicina Paula (Giovanna Lancellotti) e Teodoro (Danilo Mesquita), o príncipe do tomate 🍅mais conhecido como ‘teto’ podem render muitas gargalhadas. 

Meritocracia, amizade, assédio, maturidade estão presentes no filme mesmo em uma trama mais divertida. As trapalhadas de Teto começam quando ele decide se passar por filho do caseiro em busca de um emprego na cidade grande (RJ) e de independência financeira para conquistar a idealista Paula, que estuda arduamente para não depender de ninguém.

É claro, óbvio e cristalino que o filme bebe muito nas fontes de O príncipe em NY (1988). Felizmente não se afoga e entrega uma comédia romântica visualmente agradável, com trilha de Alok e dois personagens muito carismáticos. 

A produção de  Bruno Garotti foi feliz na reunião de várias referências a comédias românticas e o original Netflix entrega um bom entretenimento nesse momento. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s