Rhonda Flemming (1923 – 2020)

A atriz Rhonda Fleming morreu aos 97 anos. Considerada uma das musas do Cinema, chegou a ganhar o apelido de ‘Rainha do Technicolor’, por ter sido uma das primeiras atrizes a estrelar filmes coloridos. A morte foi noticiada pela revista americana Variety, mas não há informações sobre os motivos da morte que aconteceu na quarta-feira (14).

A atriz nasceu em Hollywood em 1923 e foi descoberta aos 16 anos pelo agente Henry Wilson (o mesmo que descobriu Rock Hudson, Natalie Wood). Foi ele quem mudou seu nome para Rhonda Fleming e conseguiu seu primeiro contrato, com o famoso produtor David O. Selznick e a partir de então trabalhou com os consagrados cineastas Alfred Hitchcock, Jacques Tourneur, Robert Siodmak, Fritz Lang e John Sturges.

Além da carreira no cinema a atriz também atuou na Broadway, em musicais em Las Vegas e como cantora interpretando composições de Cole Porter e Irving Berlin.

Sua filmografia inclui a interpretação de Cleópatra em Serpente do Nilo (1953) e  um dos westerns mais famosos de todos os tempos, “Sem Lei e Sem Alma” (Gunfight at the O.K. Corral, 1957), de John Sturges. Seu último trabalho foi no filme italiano “A Revolta dos Escravos” (1960), neste mesmo ano também ganhou sua estrela na Calçada da Fama de Hollywood.

A atriz se casou seis vezes e deixa o filho, Kent Lane, duas netas, cinco bisnetos e dois tataranetos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s