Conheça o Cinema Cult de Jane Campion

Jane Campion – Diretora neozelandesa

Quando Ataque de Cães chegou silenciosamente na Netflix, em 1ª de dezembro, o nome de Jane Campion voltou a surgir nas rodas de conversas e a ser constantemente citado em redes sociais. 

A diretora de cinema neozelandesa, alcançou ares míticos após ser a segunda entre cinco mulheres nomeadas para o Oscar de Melhor Direção pelo aclamado ‘O Piano’ (1993) e agora está de volta ao mundo do cinema com a mais recente obra lançada no streaming. 

Kristen Dunst em cena de Ataque de Cães (2021). Netflix

Vale relembrar que as únicas mulheres indicadas foram Lina Wertmüller,  por Pasqualino Sete Belezas, no ano de 1975,  depois tivemos a Jane Campion por O Piano, em 1993, seguido de Sofia Coppola por Encontros e Desencontros, em 2003, mais recentemente foram Greta Gerwig, por Lady Bird, em 2017, e Chloé Zhao, por Nomadland, em 2020. 

Voltando para Campion…

Seu primeiro trabalho foi  Peel-An Exercise in Discipline (1982), produção que já foi exibida no Festival de Cannes em 1986 e saiu vitoriosa, levou a Palma de Ouro de Melhor curta-metragem.

Sete anos depois, Campion escreveu e dirigiu Sweetie (1989), sobre uma jovem excêntrica e a sua relação com os pais e a sua obsessiva irmã. 

Apenas quatro anos depois ela lança o filme que lhe rendeu aclamação, respeito e reconhecimento entre os pares: The Piano (O Piano, 1993).

Um drama que se passa no século XIX no qual uma mulher escocesa muda (Holly Hunter) que viaja para a Nova Zelândia acompanhada da filha (Anna Paquin) e do seu bem mais amado: o piano. 

Ele segue para o casamento arranjado com um agricultor (Sam Neill), mas ao ver o objeto, ele se recusa a levar e o abandona na praia, então o capataz maori (Harvey Keitel) acolhe o instrumento musical e permite que a musicista toque em troca de favores sexuais. 

O filme rendeu uma lista de premiações:

  • Palma de Ouro do festival de Cannes
  • Oscar de Melhor Atriz (Hunter),
  • Oscar de  Melhor Atriz Coadjuvante (Paquin) 
  • Oscar de Melhor Roteiro Original (Campion). 

O longa chegou  a ser  eleito o melhor filme sob direção de uma mulher de todos os tempos. A votação, da empresa de televisão BBC, foi realizada por mais de  368 especialistas. 

Agora a sua perspicácia, delicadeza e inteligência podem ser apreciados em Ataque de Cães, na Netflix, que já abocanhou o Leão de Prata de Melhor Direção e é considerado uma das apostas da plataforma para a temporada de premiações 2022.

Leia a crítica aqui no Agridoce

Campion, Cumberbatch e Dunst.

No filme um fazendeiro durão (Benedict Cumberbatch) trava uma guerra de ameaças contra a nova esposa do irmão e seu filho adolescente, até que antigos segredos vêm à tona.

Assista ao trailer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s